Pronto, vesti: Camisa Jeans, Calça Social e Sapatilha de Oncinha

Look do Dia - Camisa Jeans, Calça Social Verde, Cinto Marrom e Sapatilha de OncinhaO luqui do jour look do dia voltou para dar uma animada rápida por aqui. Um lado bom ou não de sair do home office é poder pensar um pouco melhor no que vestir no dia a dia de agência – por mais que eu seja meio doida e, mesmo ficando sozinha em casa, sempre fiz questão de botar uma “roupa de trabalho” para entrar no clima e me levar a sério.

Gosto de escolher o que vestir na hora, dependendo do meu humor (às vezes até para dar uma melhorada nele). Só que essa semana precisei ficar fora de casa e levei meio que às pressas só algumas peças sem nem pensar se combinavam. No fim das contas, acabou sendo bom para testar coisas que na zona de conforto do meu guarda-roupa totalmente disponível eu não faria. Essa calça social colorida, por exemplo, eu geralmente só uso com uma camiseta preta ou branca porque além da cor, ainda tem um pouco de brilho no tecido, já acharia que ia ficar demais cor + brilho + jeans lavado + oncinha e nem ia testar. Ainda tive a oportunidade de revirar os cintos da juventude da minha mãe e encontrei esse cinto super antigo, mas que deu para usar bem bonitinho. Curti a mistureba, senti que a camisa jeans por seu mais pesada e detonada acabou por quebrar a chiqueteza da calça, um bom exercício de combinação para lembrar nas próximas situações. Na falta de uma sapatilha nude, a de estampa mais clara que lembra oncinha e não é lá tãaao distante do meu tom de pele de índia desbotada deu a sensação que eu sou mais alta e passou um ar mais descolado descontraído para toda essa confusão arrumadinha.

O que eu vesti:

  • Camisa Jeans – Renner
  • Cinto – acervodamãe hahaha
  • Calça Social Verde – Zara
  • Sapatilha – Woge

:)

Pronto, vesti: Short de Couro Falso

Meu relacionamento sério com o short de couro fake. Ele na verdade é quase emborrachado, mas vamos respeitar a designação da etiqueta estilista. Achei o short ótimo para o frio por ser mais quentinho, dá uma animada em qualquer look, mesmo sendo só uma camiseta branca, e tem caveirinhas no lugar dos botões nos bolsos de trás, como não amar?
Comprei pensando usar na viagem em Paris, só usei uma vez com meia-calça, mas como quase não vi francesas com essa combinação (e queria aprender sobre a moda local com elas), então priorizei experimentar outras ideias por lá. De volta à realidade, let’s rock, mademoiselles!

20130611-024531.jpg
Botinha e jaqueta jeans mesmo num dia lindo de sol, já que o outono de Curitiba não perdoa. Tenho essa jaqueta há mais de 12 anos e continuo achando o corte dela o mais moderno entre as que tenho, essa manga largona e a gola baixa são demais, o pouquinho de elastano garante o bom caimento. Esse é o tipo de peça que vale investir para usar por muito tempo. Inclusive, se você sabe de alguma parecida, compartilha com as mortais aqui nos comentários, por caridade. O colarzão foi um abuso para colorir a vida, já que é obrigatório por lei aqui no reino se esforçar no colorido em dia de sol.

LUQUI do Jour:

  • Shorts Couro Fake – 284 para C&A
  • Camiseta listrada baratex – H&M
  • Jaqueta Jeans – Zapping
  • Botinha que comprei numa feira no Barigui
  • Maxi-Colar de Metal – lojinha de 1,99

Pronto, Vesti: Camisa jeans + Saia Plissada

Reativando o blog depois de um momento de muita correria por conta do meu casamento e da empresa nova (a Mitza Estratégias Digitais). Tem tanta coisa legal da organização da festa, algumas coisas que fiz a mão para sair do meu jeito, além da lua de mel em Paris e Amsterdam (com direito a ensaio vestida de noiva). Enfim, muita coisa que quero dividir com o mundo e vou tentar me obrigar a ter tempo para isso.

Para começar, vou pelo mais fácil, um look do dia (ou como brinco no meu instagram, o LUQUI DO JOUR). Voltei de Paris com outra noção de combinação de peças, outra visão do que é estar bem vestida e se sentir bem. Esqueça os looks pesados e montados que aparecem nos blogs da vida, as francesas se vestem de forma simples, com foco no corte e no caimento das peças – o que, somado à postura, deixa tudo muito chique naturalmente. Sim, peguei o virus Paris, a gente fica infectada por aquela atmosfera – logo eu que não tinha nenhum sonho pela cidade (o marido que escolheu o destino), é impossível tirar a cidade de você depois de conhecê-la. Nunca mais chame de metida alguém que foi a Paris e só fala de lá, aceite a doença e trate de ir assim que puder porque é uma experiência inesquecível (por mais que passe o resto da vida pagando, a imersão cultural vale tudo!). Mas chega da cidade, fica para outro post.

Camisa Jeans e Saia Plissada

Literalmente peguei o que não estava amassado no guarda-roupa e vesti. Não me maquiei, não arrumei o cabelo, foi um Pronto, vesti ao pé da letra. Achei interessante o contraste da camisa jeans pesada com a delicadeza da saia plissada, o azul das duas peças ajudou a harmonizar o conjunto. O sapato liso e sem cadarço, mas com cara de social, completou a cara de “despretensiosamente” arrumada. Para compensar, a pulseira de corujinha cheia de pedraria que eu tinha acabado de ganhar deu uma carinha chique pro negócio. A cara de bolacha é um oferecimento da cansativa maratona de organização de festa+viagem.

  • Camisa Jeans Renner
  • Saia Plissada que ganhei da mãe
  • Sapato comprado baratinho na W.O.
  • Pulseira de Coruja de uma feira aleatória (deve ser do Sammydress)
  • Bolsa Arezzo
  • Anel geométrico Isabella Giobi para C&A